© 2023 by ShureArchitects. Proudly created with Wix.com

A ÚLTIMA ESTRADA

A trajetória pela dança conduziu a Cia Soma em seu desejo de compartilhar com o público uma narrativa. Em seu recente espetáculo os movimentos expressam em tom delicado os caminhos de um casal que deseja conhecer o mar. Por meio de uma história se revela uma dança e por meio da dança a Cia compartilha com o público uma nova gestualidade. Entre estranhas figuras, muitas lembranças e culpas de tempos passados se revela uma nova estrada traçada sobre antigas referências.

Ao longo de sua trajetória o desafio da Cia Soma sempre foi transcender os limites de cada gênero de dança tradicional brasileira e criar coreografias que revelassem suas possíveis formas de releitura e infinitas possibilidades corporais.

O novo trabalho propõe um novo desafio: contar uma história. Como esse corpo incapaz de se despir do ritmo, agilidade, suavidade e brincadeira das danças populares brasileiras consegue adentrar o universo imaginário e dividir com o público uma narrativa.

O resultado é “A Última Estrada”.

Uma pequena fábula que narra a história de uma casal na sua jornada em direção ao mar. Entre tantos caminhos encontram com estranhas figuras, muitas lembranças e culpas de tempos passados.

​​

Ficha técnica

Direção: Cristiano Meirelles

Intérpretes criadoras: Maria Eugenia Almeida e Marina Abib

Figurino: Eder Lopes

Luz: Goma Oficina

Trilha Sonora: Cristiano Meirelles

Som: Gustavo do Vale